Versículo Bíblico do dia

Jogo Biblico

segunda-feira, 28 de maio de 2012

A RAIZ DOS SEUS PROBLEMAS


A RAIZ DOS SEUS PROBLEMAS

Mortificai, pois, os vossos membros que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, o apetite desordenado, a vil concupiscência e a avareza, que é idolatria.

Colossenses 3.5


Há cristãos que vivem chateados por não conseguirem viver em santidade. Eles desejam agradar ao Senhor, vivendo na plenitude da bênção, mas quase sempre são tomados por maus pensamentos e desejos imundos. Diante de tal quadro, alguns acham que precisam batizar-se de novo, ou mesmo aceitar Jesus verdadeiramente. No entanto, não é o que a Palavra declara. Ela nos orienta a deixarmos morrer o apetite vil e desordenado.

Apesar de sermos salvos, ainda temos a natureza terrena, a qual se corrompe com o que vê, ouve e por observar as práticas alheias. Se você não fizer morrer sua inclinação natural, passará pela vida praticando o erro, confessando, fazendo promessas de não mais fazer aquilo e, de novo, caindo em transgressão. A orientação divina é mortificar os nossos membros, a nossa natureza terrena.

A pessoa que não conhece a Palavra de Deus, se ouvir que determinado cristão foi tentado na área da prostituição, logo o denunciará como pecador a ser evitado. Mas, provavelmente, ela também tem o mesmo problema. Na verdade, apesar de salvos pelo Senhor e lavados no sangue do Cordeiro, temos de lutar contra o mal. Quem não travar e não vencer a batalha da santidade não agradará a Deus.

A impureza ainda comanda muitas pessoas. Elas não admitem, mas, no íntimo, estão pensando em coisas impuras. Alguns não têm coragem de praticá-las fisicamente, mas, muitas vezes, são levados a cometê-las. Jesus nos ensinou que o pecado pode ser praticado pelos olhos e, por extensão, podemos dizer que também no pensamento e nos desejos maus.

O apetite desordenado citado no versículo é, por exemplo, a loucura que domina algumas pessoas que vivem para a carne. Para elas, o importante é estar na cama com seu par a toda hora. Elas exageram nesse prazer permitido e acabam vivendo somente em função dessa particularidade do casamento. Com o tempo, elas podem se cansar de estar com a mesma pessoa e buscar realização fora do casamento, cometendo adultério.

Paulo fala ainda da vil concupiscência. É evidente que ter desejos pela sua metade é lícito e faz muito bem. Porém, quando esse desejo é mau e diabólico, tem de ser erradicado completamente do seu coração. Os que são de Cristo devem aprender a possuir seu vaso em santificação e honra (1 Ts 4.4) e não podem agir como os perdidos.

Por fim, o apóstolo finaliza sua lista dizendo que a avareza – o desejo de possuir e acumular riquezas, que é uma forma de idolatria –, precisa ser expurgada da vida de quem é templo do Espírito Santo. Isso é comum nos filhos da desobediência, mas não o deve ser em nós, já que, agora, somos os amados filhos do eterno Pai.


Em Cristo, com amor,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quantos já visitaram

Contador de visitas
Powered by Primeiro lugar