Versículo Bíblico do dia

Jogo Biblico

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Estudo Bíblico - o que é fornicação?

Fornicador (a) ou fornicário (a) é a pessoa que pratica a fornicação. O único fato que legaliza a relação sexual entre as pessoas de sexos opostos (homem e mulher) é o casamento oficial. Fora dele a relação sexual é pecaminosa diante de Deus e diante dos homens. A mancebia, amigação, concubinato ou “amizade colorida” não legaliza as relações sexuais dos fornicários e/ou fornicadores. Só o casamento civil é que dá validade à união conjugal. O casamento religioso ou mesmo o “casamento comercial” não dá ao casal a prerrogativa do casamento civil, pois são regidos por leis específicas, que não o Código Civil.

Por conveniência dos fornicadores e / ou fornicários, as relações sexuais entre os amantes passaram a ser chamada de “namoro”. Mas, o verdadeiro namoro, principalmente do cristão, não envolve sexo antes do casamento. O cristão só deve praticar o sexo depois do casamento legal, ou seja, o casamento civil. Nem mesmo o casamento religioso autoriza o sexo para efeitos civis. Tanto é que, quem se casa apenas no “religioso” não pode identificar-se como casado, mesmo apresentando a certidão, pois esta não tem efeitos civis. Quem não é casado civilmente não pode ser considerado legalmente casado (a), e portanto, não está autorizado (a) a praticar o sexo. Quem pratica o sexo, sem ser casado (a), é denominado legalmente de “amante”, qualquer que seja a sua situação civil (desquitado, divorciado, solteiro, separado ou viúvo). Não há nenhum fundamento legal para um “estágio” antes do casamento, ou seja, da prática do sexo antes da celebração das bodas (casamento). A Bíblia condena a prática do sexo antes do casamento, ou fora dele. Quem pratica o sexo nessas condições é fornicador (a), fornicário (a) ou amante.

O que a Bíblia diz sobre a FORNICAÇÃO?

Vejamos a interpretação de alguns textos:

l)Pela leitura de 1Coríntios 6.10, entendemos que a fornicação, ou seja, o sexo entre solteiros, desquitados, separados, divorciados, viúvos, amigados, amasiados ou “amigos coloridos”, é pecado diante de Deus, tanto quanto os outros pecados. Não há diferença para Deus entre esses pecados, pois eles carecem de uma justificativa bíblica. Só o casamento civil é que legaliza a união conjugal. Fora disso é pecado.
2)Ao ler Atos 15.29, podemos verificar que a fornicação é um pecado, diante de Deus tal qual os outros pecados. Mesmo no mundo secular as pessoas não casadas, que praticam sexo fora do casamento, são descriminadas em algumas situações. Deus não tem por inocentes os fornicários ou fornicadores habituais.
3)Lendo Efésio 5.5 depreendemos que a fornicação leva o pecador à morte eterna, sem direito a entrar no Reino de Deus, por ser um pecado da carne que leva à morte espiritual. A fornicação é um pecado que é para a morte, assim como muitos outros pecados que a Bíblia nos mostra.
4)Com a leitura de 1Timóteo 1.9,10 percebemos claramente que a fornicação é um pecado diante de Deus, e leva para a morte eterna, assim como os outros pecados que são para a morte. Os fornicários (fornicadores) estão sob a égide da Lei de Deus, e serão julgados no Tribunal de Deus, no Juízo Final.
5)Em Hebreus 12.16 podemos entender que Deus recomenda ao (a) cristão (ã) que abstenha-se da prática de fornicação, pois por um só momento de prazer ou luxúria pode perder a sua alma e ir para o inferno.
6)Ao ler Apocalipse 21.8 podemos entender que a fornicação leva à morte da alma e, por conseqüência, a perdição eterna, com a ida do (a) fornicário (a)ou fornicador (a) para o inferno, e depois para o lago de fogo e enxofre. A fornicação e um pecado abominável diante de Deus.
Visando legalizar a situação de fornicadores que vivem em concubinato, no caso de união estável, o Novo Código Civil (Lei l0.406/03), estabelece que tal situação poderá vir a transformar-se em casamento civil, mediante pedido dos "companheiros" e assento no Registro Civil (Artigo 1.726). Com isso, a situação epigrafada estaria sendo solucionada diante de Deus e da lei dos homens.

O Arrebatamento


Restitui


OS SONHOS DE DEUS


Você pode estar se perguntando: "Mas, como saber qual é o sonho de Deus para mim? Como saber qual é a vontade de Deus para a minha vida? Como saber se os meus sonhos são de Deus ou são só meus?" Talvez você esteja agora totalmente frustrado, ferido, sem sonhos. Mas eu quero convidar você a receber de Deus a cura e a restauração dos sonhos do seu coração. Ele é poderoso para ressuscitar os sonhos que morreram na sua vida.


Antes de você nascer, Deus sonhou com a sua vida; ele mesmo lhe formou com um propósito e uma missão (Salmo 139.13-18). A Bíblia afirma, em Filipenses 2.13 que o querer, o sonhar, vem de Deus e é ele mesmo quem realiza, quem concretiza estes sonhos. Desde a sua infância, mesmo antes de você conhecer Jesus, Deus estava semeando os sonhos dele para sua vida. Ele os estava plantando dentro do seu coração. E ao longo dos anos, na medida em que você foi crescendo, estes sonhos também foram crescendo.


Você brincava de boneca ou de carrinho, e sonhava em se casar, ter filhos. Eu mesma, desde criança, brincava de desenhar o meu vestido de noiva. Talvez você goste de computadores, de vídeo games, e desde cedo sonha em trabalhar com isso. Ou, quem sabe, você admira o seu pastor e pensa:


"Quando crescer eu vou ser um pastor assim." Talvez assistia a programas na TV que mostravam imagens de outros países, de pessoas de diferentes, culturas, e isso lhe atrai. São sementes dos sonhos de Deus em seu coração. Se você tem um compromisso com Deus, ele vai compartilhar muito mais sonhos para você.


Infelizmente, porém, a Bíblia diz que o diabo veio para matar, roubar e destruir. Ele é inimigo de Deus, e assim, inimigo dos sonhos de Deus. Portanto, ele é nosso inimigo e adversário dos sonhos de Deus para nós. A Bíblia também diz que a nossa luta não é contra carne ou sangue, mas contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. Mas como é que ele age para matar, para assassinar os nossos sonhos? Será que ele aparece "de chifre" para nos assustar e frustrar nossas esperanças?


Certamente não. Ele usa a boca das pessoas que estão perto de nós. Ele usa olhares. Ele usa as pessoas que mais amamos e admiramos para nos ferir e desencorajar. Meu pai sempre me disse que as pessoas que mais nos ferem são aquelas que mais amamos, porque elas estão perto de nós. Se alguém que eu nem conheço direito fala algo contra mim, não me importo. Mas se alguém da minha casa ou do meu ministério fala contra mim, isso dói, isso desencoraja.


Jesus também passou por isso. Ele veio ao mundo com uma missão. Ele tinha um grande sonho, que era reconciliar o ser humano com o Pai. Ele veio para morrer na cruz em nosso lugar e ressuscitar, vencendo tudo por nós. Ele sabia que ia para Jerusalém para ser crucificado. Em Marcos 8.31-33 vemos Pedro chamando Jesus à parte para tentar convencê-lo de não ir a Jerusalém.


E a resposta de Jesus ao seu discípulo foi: "Arreda, satanás, porque não cogitas das coisas de Deus, e sim das dos homens!" Quando entendemos que é o diabo quem usa a boca das pessoas para nos ferir e matar nossos sonhos, fica mais fácil perdoar essas pessoas. Você precisa perdoar as pessoas que foram instrumento de Satanás para te ferir e frustrar.


Como saber se um sonho é de Deus?


Os sonhos de Deus trazem glória a Deus. A Palavra diz que o coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa vem do Senhor. Também diz que há caminhos que ao homem parecem perfeitos, mas o seu fim é de morte. Nós, muitas vezes, pensamos que alguma coisa é sonho de Deus para nós, mas não é. Creio que uma boa maneira de obter esta resposta é sondando o nosso coração e observando se a realização daquele sonho vai trazer glória a Deus ou não. Portanto, sonde seu coração.


Se você tem um sonho, mas a sua realização não vai glorificar o Senhor, peça a Deus para arrancá-lo do seu coração ou para restaurá-lo, para que ele volte a ser exatamente como é no coração de Deus.


Os sonhos de Deus jamais serão frustrados. Os sonhos de Deus, os propósitos de Deus para a sua vida, têm o poder de se tornar realidade porque nenhum dos desígnios do Senhor pode ser frustrado. Aleluia! Na Bíblia, quando alguém recebia uma profecia, era simples saber se vinha ou não de Deus. Se acontecesse, é porque era de Deus; se não se concretizasse, é porque não era.


Os sonhos de Deus se realizam no tempo de Deus. Você pode descansar, porque se algum sonho é de Deus para sua vida, vai se realizar. Pode parecer que está demorando, que é impossível, que é algo grande demais, mas para Deus todas as coisas são possíveis. Deus sabe a melhor hora para você desfrutar a realização dos seus sonhos. Assim será com o sonho do seu casamento, do seu emprego, da sua faculdade, do seu ministério, enfim, todos os sonhos de Deus se realizarão, no tempo certo, em sua vida.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Oração para quem tem Fé

Faça esta oração todos os dias, ao acordar, à tarde e ao dormir; também faça sempre que sentir que algo te incomoda, esta te fazendo mal. Mas faça com Fé, não simplesmente por fazer.

Pai, em nome de Jesus, tira de mim toda mágoa, rancor e ódio no coração. Tudo que não provem de ti; toda dor, tristeza, angustia sentimento de vingança. Repreende toda obra do inimigo; desfaça toda inveja, ciúmes, olho gordo, lançado sobre mim, minha casa e minha família, em nome de Jesus; eu amarro todo mal e envio para o lugar determinado por Jesus. nao aceito o inimigo na minha saúde, na minha família, na minha vida, nas minhas finanças e no meu lar. Abençoa minha casa, minha vida, minha família, meus amigos e meus inimigos, abra nossos olhos e ouvidos espirituais, da-nos sabedoria, discernimento da Palavra e mostra-nos o verdadeiro Evangelho, guia nossos passos, esteja sempre à frente de nossas decisões; fazei de mim nova criatura em Cristo. Temo e rendo-me somente a ti Senhor Jesus, aceito-o como meu único Salvador, não há Deus maior que ti. Amem ...

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Para refletir, meditar !!!


Na Biblia diz :

Romanos 13 :
8A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.

9: Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. 



Hoje o mundo esta vivendo de ilusões, induzidos pela televisão, propagandas, etc. Novelas, filmes, musicas; tudo incitam ao errado, ao mais fácil, à ilusão do mundo. e cegos pelo pecado gostos, se deixam levar e esquecem do verdadeiro motivo que Jesus morreu. Fazem tudo por interesse próprio, quando ajudando alguém sempre há um interesse; pessoas se matando por nada, guerras entre pessoas que nunca se viram e se odeiam, pelo poder dos influentes, invejas entre amigos,  parentes, colegas de trabalho, etc. ; lista sem fim. Até quando irão aceitar isso? Pessoas são ajudadas e simplesmente esquecem quem as ajudou, não dão valor, não temem à Deus. Ai dizem, que nós Evangélicos somos loucos, fanáticos,etc. Quem é louco realmente? Quem é feliz, verdadeiramente.?

Busque à Deus, leia mais a Bíblia, estude-a, não tenta decifrá-la, sim entende-la; ore mais. Há falta de Deus e temor à ELE nos corações; quando realmente entenderem a Bíblia, o verdadeiro Evangelho, teremos um mundo melhor. Faça prova do Senhor, não há Deus maior que o do verdadeiro Evangelho. Que ELE abençoe à todos, ilumine, dê sabedoria, discernimento, paz, amor, saúde e alegria. Que ao estarem na sua presença, sintam paz, alegria, confiança, a presença do Senhor. Jesus te Ama.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Telescópio da NASA confirma veracidade de profecia bíblica


Os Manuscritos do Mar Morto são considerados uma fonte de admiração e de grande revelação para os cristãos. Um estudioso argumenta em seu novo livro que o telescópio Hubble apenas “confirma uma antiga profecia sobre o universo”, descrita em um dos manuscritos.
O telescópio Hubble, um dos mais poderosos já construídos pelo homem, observa e fotografa o universo usando lentes com raios ultravioleta e infravermelho. O telescópio foi lançado pela NASA para orbitar em volta da Terra em 1990, e ainda permanece em funcionamento. Muitas vezes captura belas imagens de estrelas, constelações e galáxias distantes. Trata-se de uma das maravilhas da tecnologia moderna.
Os Pergaminhos do Mar Morto, por outro lado, foram encontrados entre 1947 e 1956, em cavernas às margens do Mar Morto. São mais de 800 pergaminhos escritos, na maior parte, em peles de animais. Eles foram escritos em hebraico, aramaico e grego, e são divididos em duas categorias: bíblica e não-bíblica. Muitos desses rolos contêm profecias atribuídas a Ezequiel, Jeremias e Daniel que não se encontram na Bíblia.

Em cavernas às margens do Mar Morto já foram encontrados 800 pergaminhos
Entre os escritos não-bíblicos são comentários sobre o Antigo Testamento, as regras da comunidade que os reproduziu, a conduta de guerra, salmos de agradecimento, as composições de hinos, bênçãos, textos litúrgicos, e escritos sapienciais (de Sabedoria). Também conhecido como “manuscritos de Qumran”, esses pergaminhos são o mais antigo grupo de textos do Antigo Testamento já encontrados.
Segundo o livro de J. Paul Hutchins, Hubble Reveals Creation by an Awe-Inspiring Power (O Hubble revela a criação feita por um poder maravilhoso), que será lançado em breve. O autor acredita que textos como os de Isaías “convidam as pessoas a explorar divinamente sobre as estrelas”.
Hutchins faz uma análise da história das descobertas feitas pelo telescópio Hubble nas últimas duas décadas, que segundo os cientistas, têm revelado como o universo se formou. Ele afirma ainda que estas descobertas estão diretamente relacionados às profecias de Isaías, datadas de 732 aC, sobre a fonte de energia inimaginável por trás do universo.
A passagem em questão, Isaías 40.25-26, diz: “A quem, pois, me fareis semelhante, para que eu lhe seja igual? diz o Santo. Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas; foi aquele que faz sair o exército delas segundo o seu número; ele as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará”.
Hutchins afirma que quando Isaías escreveu sobre o poder por trás do universo, ele não tinha um telescópio espacial poderoso, mas sua descrição coincide com as descobertas feitas pelo Hubble nos últimos anos, como por exemplo a galáxia do Sombrero, que no seu centro exibe uma energia inimaginável. O brilho é feito de oitocentos bilhões de estrelas, grandes como o Sol.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Estudo Biblico - Carnaval

CARNAVAL - ORIGEM E NATUREZA

Modernamente, costuma-se afirmar que carnaval é alegria do povo, que expressa a cultura popular o que é festa folclórica. A explicação é vaga. Diz-se que é boa ocasião para atrair turistas estrangeiros afim de carregar divisas para os cofres do país.
Carnevale - vocábulo italiano, que significa "adeus à carne", é festa de muita alegria, folia e orgia que precede à quarta-feira de cinzas. A comemoração do carnaval é de origem pagã. Desde tempos imemoriais no Egito antigo, no outono, realizava-se a festa do boi Apís - animal sagrado. Escolhia-se o boi mais belo e todo branco o qual era pintado com várias cores, hieróglifos e sinais cabalísticos. O boi era conduzido pelas ruas, e levado até o Rio Nilo, onde era afogado. Em procissão, sacerdotes, magistrados, homens, mulheres e crianças, fantasiados grotescamente, iam atrás dele dançando, cantando, em promiscuidade até seu afogamento. Com as conquistas da Grécia e de Roma, a festa foi transportada para outros países, sob outras formas e denominações. Na Grécia, tomou o nome de Dionisíaca em honra ao Deus do vinho - Dionísio e em Roma, Bacanal em homenagem ao deus do vinho, Baco. Nessas comemorações, a aristocracia misturava-se com o populacho, os tribunais e estabelecimentos oficiais se fechavam, e se abriam todos os lugares de divertimentos, onde a devassidão, a orgia e os prazeres sensuais eram inomináveis.
Com o advento do cristianismo, as festas pagãs se arrefeceram, mas na Idade Média, sob a tolerância da Igreja dominante, recrudescera entre os povos de educação latina sob a única denominação de carnaval. No Brasil, com o caldeamento cultural afro-brasileiro e com rituais diferentes, o carnaval empolga multidões e é motivo de atração turística. Como em todos os tempos e lugares, no Brasil a festa é portadora de nefastas conseqüências ao indivíduo, à família, à sociedade. O carnaval é festa religiosa, revivescência do paganismo antigo, dedicado a Momo - deus da zombaria, do sarcasmo, da pândega e que está ligada à quaresma - período de abstinência e jejum, que termina com a semana chamada santa. O cristão deve se conduzir pelas determinações bíblicas. Momo é Satanás dissimulado. Jesus em sua quaresma de jejum e oração, peremptoriamente repeliu o falso deus: "Retira-te Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás e só a Ele darás culto" (Mt. 4:10). O Salmo 115:1-8 afirma que quem adora um Deus morto se torna espiritualmente semelhante a ele. Momo é deus morto, cuja falsa duração é de três dias, cultuado pelos foliões, e que conforme a mitologia foi expulso do Olimpo, para ser na Terra o rei dos loucos. Pelo exposto, carnaval é festa religiosa que se contrapõe ao cristianismo verdadeiro.
A lenda mitológica conta que Júpiter se impressionou com a formosura da princesa Europa e tomou forma de um belo boi branco como a neve e misturou-se com o rebanho. Europa, atraída pela mansidão do animal e pelo seu elegante porte, enfeitou-o com flores e subiu no seu dorso. Imediatamente, em carreira veloz, Júpiter se dirigiu para o mar e levou a linda princesa para praias desconhecidas.
Satanás é assim. Como anjo de luz ( II Corintios 11:14) e com todo poder de mentira, de mistificação ( II Ts 2:9), ilude incautas criaturas por meios atraentes, como as festas carnavalescas e as leva para as praias ignotas da perdição.
O carnaval é revivescência das religiões pagãs e de maneira alguma deveria estar justaposta ao período da quaresma que começa com a quarta-feira de cinzas. Lamentável é que criaturas que se dizem cristãs festejem o carnaval, ressurgimento do paganismo de priscas eras e responsável pelos danos e efeitos morais para homens, mulheres, jovens de ambos os sexos, também crianças e uma das causas da desorganização de famílias e de graves problemas sociais. A festa carnavalesca é culto imerecido ao falso deus Momo que constitui ofensa à pessoa do Deus vivo e verdadeiro.
O único meio de se libertar de tal atração é a confiança em Jesus, o Filho de Deus, que veio ao mundo para destruir as obras do Diabo. ( I João 3:8 ).

Fumar é pecado?

Fumar é pecado? Por quê?

Há alguns dias, senti-me estimulado a responder à pergunta acima depois de ter conversado com o meu amigo Eli Felete, pastor-presidente da Assembleia de Deus Ministério Rocha Eterna, de Lisboa, Portugal. Muitos irmãos em Cristo, inclusive pastores, ficam inculcados com o fato de eminentes cristãos do passado terem supostamente apreciado o fumo e com a não ocorrência de mandamentos que tratem especificamente do ato de fumar.

Em primeiro lugar, não existe mesmo um mandamento bíblico específico a respeito do uso do tabaco, como “Não fumarás”. Também não está contido em Apocalipse — e em nenhuma outra parte das Escrituras! — o versículo que muitos citam para combater o vício: “Os viciados não herdarão o reino de Deus”. Mas precisamos ter em mente que a Bíblia é um livro de mandamentos gerais e específicos, bem como de princípios.

Há uma tendência mundial de se opor ao tabagismo e restringi-lo em lugares públicos. Os ministérios da saúde de diversos países não têm medido esforços para alertar a população acerca dos riscos de ingerir as substâncias tóxicas contidas na chamada “chupeta do demônio”. Segue-se que o ato de fumar, além de causar mal à saúde, tem uma péssima fama e não passa no teste de Filipenses 4.8. Além disso, e consequentemente, fumar é uma ação contrária ao mandamento de 1 Tessalonicenses 5.22: “Abstende-vos de toda aparência do mal”. Em outras palavras, o cristão deve evitar o pecado e tudo o que parece pecado.
Conquanto não haja proibição expressa ao ato de fumar, nem todas as coisas lícitas (não proibidas) convêm ao salvo em Cristo (1 Co 6.12). Considerando que: (1) o consumo de tabaco gera dependência e, como se sabe, é prejudicial à saúde; (2) o cristão é templo do Espírito Santo (1 Co 6.19,20); e (3) a Bíblia diz que aquele que destrói esse templo, Deus o destruirá (1 Co 3.16,17), podemos concluir que o ato de fumar não é conveniente ao servo do Senhor.

Apesar de não haver na Bíblia mandamentos específicos a respeito do fumo, existem princípios e mandamentos gerais que condenam o ato de fumar. Mesmo não havendo no texto sagrado o mandamento “Os viciados não herdarão o reino de Deus”, o servo do Senhor que se preza sabe que qualquer tipo de vício não se coaduna com uma vida de comunhão com Deus (Jó 11.11; Dn 6.4).

Na relação das obras da carne mencionam-se a prostituição, a glutonaria, as bebedices, várias outras obras e “coisas semelhantes a estas” (Gl 5.19-21). É evidente que o ato de fumar é uma dessas “coisas” similares àquelas que destroem o templo do Espírito Santo. Qualquer ação consciente por parte do cristão que venha a destruir o seu corpo, que é templo do Espírito, trata-se de uma das obras da carne. E, segundo a Bíblia, “não herdarão o reino de Deus os que tais cousas praticam” (v.21, ARA).

Portanto, fumar hoje, principalmente, é um ato antissocial, feio, prejudicial à saúde e, acima de tudo, pecaminoso, à luz dos mandamentos e princípios gerais das Escrituras. Mas, se algum apreciador de cachimbo, charuto ou cigarro que se diz cristão me achar legalista, que reclame com o Autor da Palavra de Deus! É Ele quem nos ordena a sermos santos em toda a nossa maneira de viver (1 Pe 1.15), não é mesmo?

Em Cristo

Seguidores

Quantos já visitaram

Contador de visitas
Powered by Primeiro lugar